FAPESP e APAE de São Paulo apoiam pesquisa sobre deficiência intelectual

A FAPESP e a APAE de São Paulo assinam, no dia 27 de agosto, às 16h, na sede da Fundação, um termo de cooperação para apoiar projetos de pesquisa sobre deficiência intelectual. O acordo prevê a análise e seleção de até quatro propostas de pesquisa desenvolvidas pelo Instituto APAE de São Paulo de Pesquisa e Formação.

“A parceria entre o Instituto da APAE de São Paulo e a FAPESP é fundamental para nós. A organização reunirá estudiosos do mundo científico, que estarão dedicados a descobertas que melhorem, ainda mais, a qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual”, afirma Cassio Clemente, diretor-presidente da APAE de São Paulo.

As principais linhas de pesquisa do acordo são: “Genética e Biologia Molecular”; “Cognição e Desenvolvimento”, ”Imaginologia Cerebral” e “Neonatologia e Triagem Neonatal”. As propostas deverão ser elaboradas segundo as normas do Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes da FAPESP. Desde 2008, este Programa apoia a criação de novas linhas de investigação em instituições com tradição consolidada e a formação de novos grupos de pesquisa em temas atuais e ainda não suficientemente explorados por cientistas em atividade no Estado de São Paulo. A seleção de projetos será feita a partir do resultado da divulgação de Chamadas de Propostas, a ser elaborada pelas duas organizações.

“O acordo com a APAE de São Paulo para estabelecer em São Paulo grupos de pesquisa sobre temas avançados como cognição e desenvolvimento intelectual contribui para a inserção da ciência brasileira no mundo ao mesmo tempo em que possibilita a criação adequada deoportunidades de trabalho para cientistas de grande potencial em atuação no Estado”, diz Celso Lafer, presidente da FAPESP. “A investigação no campo definido pelo acordo coloca a ciência a serviço da ampliação do acesso à cidadania”.

O evento é aberto ao público. Mais informações:  (11) 3838-4362 / 4216

Fonte: http://www.agencia.fapesp.br

Dança encerra Semana da Pessoa com Deficiência

O Baile da Inclusão foi a atividade de encerramento da Semana da Pessoa com Deficiência. Nesta sexta-feira (24), o galpão Bruno Gnoatto, do CTG Aldeia dos Anjos, recebeu integrantes da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), do Centro Ocupacional de Familiares e Amigos dos Deficientes Mentais de Gravataí (Cofameg) e de escolas do município. A Semana começou, na última terça-feira (21), e foi uma iniciativa da Assessoria de Políticas Públicas para a Pessoa com Deficiência (APPPD) e do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas Portadoras de Deficiência (COMPPD’S).

A Semana contou com diversas atividades em prol da inclusão de pessoas com deficiência, como os Jogos Interativos e a Banca do Conselho no Quiosque da Cultura. Também proporcionou discussões sobre as principais questões que envolvem a pessoa com deficiência, como acessibilidade, inclusão no mercado de trabalho e na educação.

De acordo com a titular da APPPD, Patrícia Lisboa, este foi um evento com grande participação de público. “Tivemos uma mobilização da sociedade civil, que fez com que se integrassem as pessoas de entidades locais com as pessoas com deficiências”, explicou.

A APAE levou mais de 50 pessoas para o Baile. A Coordenadora da associação, Viviani Bitelo, destacou que 90% dos usuários participaram da Semana da Pessoa com Deficiência. Para a assistente social Ana Cláudia Trindade, o evento proporcionou a inclusão de pessoas com diferentes tipos de deficiência. “Esse foi um momento único, um momento só deles”, destacou.

Fonte: Secom PMG

PlanTeQ abre 45 vagas para qualificação de pessoas com deficiência

Prefeitura do Recife abriu inscrições para cursos de qualificação voltados para pessoas com deficiência. Serão disponibilizadas 45 vagas para as funções de operador de caixa, serviços gerais e auxiliar administrativo.

As oportunidades integram o Plano Territorial de Qualificação (PlanTeQ). Os interessados em participar devem procurar o Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda de Casa Amarela, na Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, até a próxima sexta-feira (24), das 9h às 15h, portando os documentos de identificação (RG, CPF, carteira de trabalho) e o comprovante de residência.

Para fazer o curso, a pessoa deve comprovar a deficiência física, estar com 16 anos ou mais e residir próximo ao local de realização das aulas. Quem se preparar para a função de operador de caixa deverá ter o ensino médio completo ou estar matriculado no 3º ano; para serviços gerais, ensino fundamental incompleto, e auxiliar administrativo, ensino médio incompleto.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br

Araraquara, SP, realiza Semana de Prevenção às Deficiências

O evento é organizado pela Apae e acontece até o dia 28 de agosto.
Palestras irão abordar a inserção dos deficientes no mercado de trabalho.

Videos instituicionais, exposições, palestras, apresentações culturais, artísticas e esportivas estão entre os destaques da Semana de Prevenção às Deficiências, que começa nesta quinta-feira (23) e segue até terça-feira (28), em Araraquara (SP).

O evento, organizado pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), abordará a inserção de deficientes físicos no mercado de trabalho e acessibilidade.

Na sexta-feira (24), será realizado um jantar beneficente em comemoração aos 49 anos da Apae de Araraquara.

Exposição
Até o dia 30 de agosto a exposição Memorial da Inclusão, da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, estará instalada no Terminal Rodoviário de Araraquara.

A mostra traz informações do movimento de luta das pessoas com deficiência, ocorrido no início dos anos 80 e acontece das 9h às 16h, de segunda à sexta-feira no Terminal Rodoviário.

Confira a Programação da Semana de Prevenção

Quinta-feira (23)
9h – Palestra: Mercado de Trabalho
Palestrante: Flávia Petra Melara Benatti – Diretora Geral da Faculdade de Araraquara
10h – Mini Fórum: Empregador / Pais / Empregado
Local: Apae – Avenida Cientista Frederico de Marco, 750, Vila Xavier
14h – Atividade Esportiva Interativa
Local: AAEE – Associação de Atendimento Educacional Especializado – Rua Mondo Archimedes Luppi, 620, Aclimação

Sexta-feira (24)
9h – Stand com banners, panfletos e orientação à população
Local: Terminal de Integração
14h – Palestra: Acessibilidade
Palestrante: Alessandra de Lima – Secretaria de Desenvolvimento Urbano
Local: Apae – Avenida Cientista Frederico de Marco, 750, Vila Xavier
20h – Jantar de comemoração ao 49º Aniversário da Apae de Araraquara
Local: Ginásio de Esportes da Apae
(convites R$ 30)

Segunda-feira (27)
9h – Palestra: Prevenção e Deficiências
Local: Apae – Avenida Cientista Frederico de Marco, 750, Vila Xavier
14h – Stand com banners, panfletos e orientação à população
Local: Terminal de Integração

Terça-feira (28)
8h30 – Missa de Ação de Graças
Local: Igreja Nossa Senhora Aparecida – Rua Ceará, Vila Xavier
14h – Passeata com banda da Apae e orientação à população
Local: Parque Infantil

Fonte: http://g1.globo.com/

Semana Nacional da Pessoa Com Deficiência Intelectual e Múltipla

por Edmilson Sá

A Secretaria Municipal de Educação em parceria com a UFAL (UniversidadeFederal de Alagoas) Organizou o “Encontro com a diversidade: construindo a inclusão em Palmeira dos Índios”. Nesta quinta-feira, dia 23/08/2012. Local: Auditório da Casa Museu Graciliano Ramos. Horário: Das 8h às 12h e das 13h30min às 17h.

A Coordenadora da Unidade da Educação Especial Quitéria Barbosa, juntamente com a Secretária Municipal de Educação Aparecida Costa e as Professoras Mestras Lívia Couto Guedes, Sueli Maria do Nascimento e Danielle Oliveira da Nóbrega da UFAL e a Técnica Lidiane Ramos da Silva/UFPB – que, por motivos superiores, não compareceu ao evento -, e que são parceiras nos trabalhos de Inclusão Social, foram de fundamental importância na organização desse Primeiro evento. Uma vez que os trabalhos na área de Educação Especial realizaodos no Município de Palmeira dos Índios são referência em excelência. Assim como o Projeto da UFAL – Eficiência na Deficiência – denotam o quanto essas instituições estão comprometidas com a Inclusão Social e a Acessibilidade reais.

Com a seguinte programação:
Manhã – Abertura e Apresentação artística com Antônio Marques Berto
Conferência de abertura: Encontro com a diversidade: construindo a inclusão em Palmeira dos Índios (Profa. Lívia Couto Guedes/UFAL).
Relatos de Experiência: Edmilson Silva de Sá, Vanda Maria Costa Santos, Cristiano Miguel Pontes Pereira e Andréia Marques Vilarins.

Tarde - Apresentação artística com o Coral – CAPS
Mesa redonda: Trabalhando a diversidade para a inclusão social
Palestrantes:
Antônio Alves Filho/UFAL
Sueli Maria do Nascimento/UFAL
Danielle Oliveira da Nóbrega/UFAL
Apresentação Artística do Grupo de Música – Centro de Reabilitação de P. dos Índios

Com o auditório da Casa Museu Graciliano Ramos lotado. Professores de professoras des escolas municipais e particulares, juntamente com alunos e alunas, além de convidados – A Prefeita Verônica Medeiros abriu a Conferência. Também estiveram presentes entidades da sociedade palmeirense, entre elas a ADEFIPI.

Desde os Palestrantes aos Depoimentos, passando por debates, a Conferência exaltou a importância urgente da Acessibilidade e da Inclusão Social – fato que ficou visível, haja vista que o espaço onde ocorrera a Conferência não oferecia nenhum dos dois Direitos, mesmo assim as Pessoas Com Deficiência compareceram de elucidaram a importância da militância, da perseverança, da família, da edcuação, dos poderes públicos e sociedade em geral…

“Não há deficiência quando as pessoas se entendem… Não há deficiência quando as pessoas enxergam o essencial… E não há deficiência quando entendemos o que significa viver em sociedade… Quando a “Pessoa” e não a sua deficiência for vista em primeiro lugar…”

“Porque eu sou do tamanho daquilo que sinto, que vejo, e que faço, não do tamanho que os outros me enxergam.” (Carlos Drummond de Andrade)

E ainda dentro da programação da SEMANA NACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA – De 21 a 28 de agosto de 2012.

A Secretaria Municipal de Educação em parceria com o Centro Educacional Cristo Redentor convida toda a população palmeirense para participarem do “III ENCONTRO ESPORTIVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL”. Com a participação especial de jogadores da ADEFAL e ADEFIPE (Maceió), que possuem deficiência física, auditiva e visual para uma apresentação esportiva. Haverá uma apresentação de Basquete sobre cadeira de rodas – neste sábado, dia 25/08/2012. Local: Ginásio do Centro Educacional Cristo Redentor. Horário: Das 8:00h às 14:00h.

Fonte: http://minutopalmeiradosindios.com.br

Menos imposto para deficientes

O Diário Oficial da União publicou ontem a lei que reduz a zero as alíquotas de PIS/Pasep e da Contribuição para oFinanciamentoda Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre 27 produtos voltados a pessoas com deficiência.

Entre os produtos que tiveram redução tributária estão calculadoras equipadas com sintetizador de voz, teclados com adaptações específicas, mouses com acionamento por pressão, digitalizador de imagens – scanners – equipados com sintetizador de voz, lupas eletrônicas, próteses oculares e softwares de leitores de tela que convertem o texto em voz ou em caracteres braille, para utilização de surdos-cegos.

A medida faz parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Plano Viver sem Limite), lançado pelo governofederalno ano passado. Também contam com isenção desde novembro do ano passado, data de publicação da Medida Provisória 549/11, partes e peças para cadeiras de rodas.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 45,6 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência no país, o que corresponde a 23,91% da população brasileira.O Plano Viver sem Limite, lançado em novembro de 2011 pela presidenta Dilma Rousseff favorece a inclusão social e produtiva de cerca de mais de 45 milhões de pessoas no País. Ao todo, o plano prevê investimentos de até R$ 7,6 bilhões emeducação, saúde e acessibilidade na área até 2014.

As ações previstas serão executadas em conjunto, por 15 órgãos do governo federal, sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). O programa inclui uma linha de crédito de R$ 150 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), para pesquisa e desenvolvimento (P&D) de tecnologias assistivas.

Além do financiamento da Finep, o governo federal vai subsidiar a compra de próteses e equipamentos para a população de baixa renda. Um catálogo de 1,6 mil produtos para idosos e pessoas com deficiência visual, auditiva, física, intelectual ou múltipla faz parte do projeto.

Reportagem: AB

fonte: http://m.diarioweb.com.br

Semana da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla tem atividades em todo o estado

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla começou nesta terça-feira (21). Até a próxima terça (28), todas as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Brasil mostram trabalhos realizados pelos alunos. O tema desse ano é “Em busca da igualdade. Estamos aqui!”. Em todas as regiões do Paraná, haverá seminários, palestras, discussões e reuniões com a comunidade.
O objetivo é discutir sobre os avanços e os desafios das políticas públicas nas áreas de educação, saúde, inclusão social, acessibilidade para a pessoa com deficiência intelectual e múltipla. “Esse é um momento de reflexão que serve para discutir a igualdade e os direitos desses alunos. A proposta dessa semana deve que ser disseminada durante todo o ano letivo para promover a interação garantindo uma melhor qualidade de vida para esses alunos”, disse Walquíria Onete Gomes, diretora do Departamento de Educação Especial e Inclusão Educacional, da Secretaria de Estado da Educação.
Cada instituição tem a autonomia para desenvolver suas próprias ações com alunos, familiares e a comunidade, dentro do tema proposto. “Essa é uma oportunidade para as Apaes divulgarem seus trabalhos e as possibilidades para garantirmos os direitos dos alunos e pessoas que são atendidas”, disse Neuza Soares de Sá, presidente da Federação das Apaes do Paraná.
EDUCAÇÃO
A Secretaria da Educação trabalha para garantir e melhorar a qualidade no ensino para os alunos da educação especial. Atualmente mais de 40 mil alunos deficientes são atendidos por 400 entidades no Paraná. Com convênios de cooperação técnica e financeira a Secretaria repassa recursos para investimentos em infraestrutura e aquisição de material pedagógico. No início de julho foram repassados 108 veículos para o transporte dos alunos com deficiência. Cerca de 6,3 mil professores, além de atendentes e funcionários para as áreas administrativa e de serviços gerais são enviados às escolas conveniadas.

Fonte: http://www.ilustrado.com.br

APAE de Esperantina inicia Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Inicia hoje (22), as atividades comemorativas a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual  Múltipla promovida pela APAE de Esperantina, que tem como tema “Em Busca da Igualdade. Estamos Aqui.”

Confira a programação

Dia 22/08/12 – (quarta-feira)

08h – Abertura oficial da programação do evento em Esperantina.

Local – Auditório do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE) – APAE.

16h – Celebração

Local – Igreja Matriz

Dia 23/08/12 – (quinta-feira)

08h30 – Apresentação do Grupo de Pagode da APAE de Pedro II;

09h – Campeonato de Dominó;

10h – Apresentação de Capoeira;

Local – Praça Leônidas Melo;

14h – Palestra- ministrada pela Dra. Cristal (Nutricionista).

Dia 24/08/12 – (sexta-feira)

08h – Feira de Informações (Clinica da APAE) e Exposição de Produtos (mães apenas)

Local – Praça Leônidas Melo;

14h – Continuação da Feira de Informações ( Clinica da APAE ) e Exposição de Produtos;

Dia 27/08/12 (segunda-feira)

08h – Gincana,

Local – Clube Recreativo;

14h – Oficina (docinhos),

Ministrante – Hozana Oliveira,

Local – Centro de Atendimento Educacional Especializado (APAE)

Dia 28/08/12 –  (terça-feira)

08h – Oficina de Quibe, Empada e Patê;

Ministrante – Hozana Oliveira,

Local – Centro de Atendimento Educacional Especializado (APAE)

14h Encerramento,

Local – Clube Recreativo

Fonte: http://portalesp.com.br

Amapá realiza a III Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Local:
Auditório da Universidade do Estado do Amapá
Horário:
22/08/2012 às 16:00h
Endereço:
Avenida Presidente Vargas, 650, Centro
Contatos:
Creuza Balieiro/SIMS: 9149-2166 e 8142-6486

O Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Amapá (Condeap), através da Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social (SIMS), realiza em Macapá, nos dias 21 e 22 de agosto, a III Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Amapá, que desenvolverá trabalhos sobre a temática: “Um olhar através da convenção sobre os direitos da Pessoa com Deficiência da ONU: novas perspectivas e desafios”.

O objetivo da conferência é apreender, discutir, avaliar, propor, divulgar e acompanhar a implementação da Convenção da ONU para a Integração da Pessoa com Deficiência, mais especificamente o Eixo Orientador – Universalizar Direitos em um contexto de Desigualdades.

A Conferência está programada para acontecer nos dias, horários e locais abaixo relacionados:

Dia: 21/08/2012

Hora: a partir das 16h às 22h

Local: Auditório da Ueap, avenida Presidente Vargas, 650, Centro

Dia: 22/08/2012

Hora: 7h30 às 12h / 14h às 18h

Local: Centro Educacional Raimundo Nonato Dias Rodrigues, rua Barão de Mauá, 52, Buritizal

Ministério do Trabalho atualiza regras para contratação de pessoas com deficiência

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) atualizou os procedimentos de fiscalização para a inclusão no mercado de trabalho de pessoas com deficiência e beneficiárias da Previdência Social reabilitadas. A Instrução Normativa nº 98, publicada na última quinta-feira (16) no Diário Oficial da União (DOU), regulamenta de forma mais objetiva a fiscalização e uniformiza os procedimentos adotados pela fiscalização do ministério.

Segundo a secretária de Inspeção do Trabalho do MTE, Vera Albuquerque, a nova instrução representará mais um passo de evolução na qualidade da fiscalização, por detalhar os procedimentos a serem seguidos pelos auditores fiscais do trabalho.

“A uniformidade de procedimentos, o incentivo à qualificação de pessoas com deficiência e a regulamentação do procedimento especial de fiscalização certamente estimularão a contratação correta da pessoa com deficiência e sua completa integração no ambiente de trabalho, com ganhos significativos para os trabalhadores, para as empresas e para toda a sociedade”, afirmou a secretária.

De acordo com a instrução, os auditores fiscais do trabalho devem participar do processo de captação da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, sua contratação, adaptação no ambiente de trabalho e eventual desligamento. Também devem incentivar as empresas a promoverem a qualificação das pessoas com deficiência contratadas. Para isso, os auditores poderão fazer reuniões locais com empregadores e entidades qualificadoras.

A nova instrução normativa também especifica como se dará a caracterização da pessoa com deficiência, regulamenta a centralização das ações entre as Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego (SRTE) e prevê as formas de combate a práticas discriminatórias.

As contratações de pessoas com deficiência sob ação da fiscalização do MTE têm aumentado anualmente. Em 2009, foram 26.449 profissionais inseridos no mercado de trabalho, somente com a intermediação do ministério. No ano de 2010, os auditores do trabalho formalizaram a contratação de 28.752 pessoas com deficiência. Em 2011, este número teve um aumento de 19,62%, atingindo 34.395 pessoas em todo o país.

As ações de fiscalização visam cumprir o que estabelece a Lei nº 8.213, de 24 de Julho de 1991, conhecida como Lei de Cotas. Segundo a legislação, empresas com mais de 100 empregados são obrigadas a preencher entre dois a cinco por cento de seus quadros de empregados com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência.

Fonte: Portal do Planalto